Follow by Email

segunda-feira, 19 de maio de 2014

London, London!


Uma deliciosa e didática colaboração da amiga Maria Inês Nahas, que morou um tempo em Londres, e que em muito ajuda a desvendar essa fascinante cidade. Dá até vontade de arrumar as malas e embarcar no primeiro avião, ao som dos Beatles ou Amy Whinehouse. Vamos lá?

DESLOCAMENTO: prefira sempre andar a pé ou de ônibus para curtir a cidade. Deixe o metrô para último caso: se for muito longe ou se sentir mais seguro, ou mesmo quiser conhecer as linhas que funcionam maravilhosamente bem. Mas tem muita gente, sempre, principalmente nas áreas centrais!

PARQUES: sugiro o clássico Hyde Park e, de lá, fazer uma visita ao Palácio de Buckingham (que é como um museu) e deve ser agendada antes. É possível comprar tickets pela internet para qualquer coisa, e é sempre mais barato. Mas, quem quiser apenas conhecer um parque, vá ao Regents Park que é maravilhoso, com jardins incríveis, teatro aberto, mil coisas, um show! É maravilhoso mesmo!

LUGARES:

Covent Garden é uma delícia, lindo, cheio de coisas prá se ver e comprar nas barracas e nas lojas lindas de morrer! E tem música na rua, uma espécie de “palhaços” fazendo graça, mágicas, acrobacias, cheio de jovens sentados no chão, se divertindo. Você vai amar!

St. Pancras Station: se você for viajar de Eurostar para qualquer lugar, certamente irá passar por lá. Caso contrário, vá conhecer a Estação assim mesmo porque ela é maravilhosa, uma arquitetura de cair o queixo. Além da beleza, você pode comer por lá e eu sugiro o “The Betjeman Arms” que é um pub/restaurante, e tem uma comida deliciosa, variada e muito bem preparada. Pouca gente sabe desse lugar. Não sei se será necessário, mas, se quiser, também pode reservar pela internet prá garantir um lugar, especialmente se for jantar, dependendo do dia. Aliás “Betjeman” é o nome do poeta que lutou e garantiu que St. Pancras fosse recuperada (existe uma estátua dele na estação - um gordinho olhando pro alto...). Na estação tem também o Hotel St Pancras que vale a pena conhecer. Lindo demais! E pode tomar alguma coisa no bar, sem problema algum, pois, em Londres, a gente entra em qualquer lugar, senta e curte, comendo ou não!

Picadilly: rua e lugares. É um show! É onde ficam as famosas Oxford Street e Regent Street. Se for fazer compras, em termos de calçados tem duas marcas que não temos no Brasil, e são fantásticas: Clarks (na Regents Street) e Camper em uma das laterais da Regents (sorry, não me lembro o nome). De toda forma, ambas ficam perto da Kipling e da Apple que você verá com certeza. Também na Oxford Street tem uma loja de coisas hiper-hiper baratas: é a Primark! Tem absolutamente tudo, tudo, tudo, baratissíssissimo!!! Comprei luvas de couro por duas libras e usei o inverno inteiro...

Mercado: meu favorito (embora não conheça todos) é o “Stables” (de estábulos mesmo) que fica em Camden. Se for de metrô, desça na estação de Camden Town e pergunte onde fica o “Stables”. Você terá que andar e, necessariamente, vai passar pelo Camden Market que é inacreditável! Esse lugar não há como descrever e é onde você irá encontrar aquilo tudo que a gente imagina de Londres: pessoas extravagantes, roupas, calçados e tudo mais incríveis, prá comprar ou só ver, curtir; lojas com decoração na rua, até chegar em “Stables” que é um mega mercado fechado e aberto ao mesmo tempo. É demais, demais, demais! Comidas, lugares, compras, pessoas de cabelo roxo, etc e tal... Eu adoro e levo todos os meus amigos lá! Mas é um lugar meio maluco. Conheço também Nothing Hill, mas, sinceramente, depois de Stables não achei que vale a pena...

MUSEUS:

Brithish Museum é absolutamente IMPERDÍVEL! É de arte, mas é de história, cultura, antropologia, principalmente! É do outro mundo!!! É meu lugar favorito, porque só de estar lá sinto um prazer inacreditável! Se você ainda não entrou na internet prá conhecê-lo, faça isto, pois vale a pena se preparar! Não dá prá comparar com nada que já tenha visto, pois o mundo todo está lá! Inclusive a Cleópatra!!! Vá com calma, com tempo... E tem também as compras maravilhosas (e caras), e um restaurante em cima que é uma delícia. Vá “apenas” na exposição permanente, que é de graça (todos os museus são gratuitos), pois, as temporárias são pagas e não acho que valha a pena prá quem está só “de passagem”. O British tem uma saída principal e outra lateral, que vai dar na Russel Square que é uma praça linda, e onde você poderá admirar o Russel Hotel e até entrar no “Royal Bar” prá tomar alguma coisa... só prá curtir!

Impossível deixar de ir à National Gallery que é um show! É de emocionar! Fiquei engasgada... Inclusive o quadro de girassóis mais famoso do Van Gogh está é lá, e não em Amsterdã. Fica na Trafalgar Square que também é de babar...

Victoria & Albert Museum popularmente conhecido como V&A (lindo demais! e muito diversificado) – é de artes plásticas e visuais,

Museu de História Natural (de cair o queixo). Ainda não fui ao de Ciência e Tecnologia, mas meu irmão foi e disse que é imperdível! Esses museus, V&A, História Natural e Ciências ficam todos na mesma região.

Tate Modern: arte moderna – IMPERDÍVEL! Veja na internet os horários das visitas guiadas que são maravilhosas! Tem para os quatro andares em horários diferentes.

London Eye e Aquário: ainda não fui à London Eye, mas fui ao mais novo edifício de Londres (The Shard) e vi a cidade do 78º. andar!!! Tem uns binóculos prá ver detalhes ... maravilha! Não tenho certeza, mas acho que quem vai à London Eye não precisa ir ao edifício... e é caro (25 libras pela internet e 30 se comprar na hora). Ao lado do London Eye tem, entre outras coisas, o Aquário de Londres que eu amo!

Parlamento, Big Ben e Westminster ficam na área do London Eye e Aquário, e são paradas obrigatórias...

St Paul’s Cathedral, Tower of London, London Bridge idem…

COMPRAS SOFISTICADAS

Selfridges: É o lugar dos cosméticos, perfumes e demais produtos de beleza dos grandes do mundo: “todo mundo” está lá!

Harrods: inacreditável. Os grandes estilistas do mundo têm ateliers lá. Os andares de mobiliários parecem museus. Vale a pena ir só prá olhar, como uma exposição de luxo e beleza; e tem tudo o que se pode imaginar! Ah! “praça de alimentação” é absolutamente “amazing”!

Um comentário:

  1. Muito obrigada pelas informações compartilhadas e pelo blog maravilhoso. Parabéns!

    ResponderExcluir